Terça-feira, 18 de Abril de 2006

Filme - Hostel

Um filme de Eli Roth patrocinado por Quentin Tarantino...
Se tivesse que descrever em uma palavra: Nojento!
A bem dizer, a primeira meia hora prometia. E muito!
Cheio de gajas boas e fáceis, dispostas a satisfazerem as fantasias de qualquer homem que lhes caísse no cama.
O problema foi a hora que faltava...
Uma hora a testar os limites da resistência humana!
Até quando conseguimos ver gajos a trucidarem corpos? Desde incisões com brebequins (que bela publicidade à "black and decker") passando por cortes de dedos das mãos e pés, bisturis a cortarem tendões dos calcanhares e terminando com olhos pedurados cortados por tesouras gigantes.
Disgusting!
Recomendo vivamente a não lerem sequer este post!
O próprio Post já é nojento! Agora imaginem (ou não) o filme!
Ana e Nuno, obrigado pelo vosso convite!
Lembro-me claramente um momento em que, já com o limite muito ultrapassado, em vez de olharmos para o ecrã, estávamos apenas a olhar uns para os outros com ar de enjoados...
Por tudo isto e mais um par de botas, sai do J-log com um 3/10.
sinto-me:
publicado por JAlex às 23:23
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Trocas a 21 de Abril de 2006 às 15:55
LOL! Mas na primeira parte do filme estavas com um sorriso de orelha a orelha que eu vi! :P

Bem... mas de resto concordo contigo...porque será que Quentin Tarantino pos o seu nome a este fime??? Acho que a única coisa a realçar sao as cenas de tortura, trabalhadas ao detalhe e bastante bem filmadas.

Apesar da EXCELENTE :) primeira parte a unica mensagem que eu tirei deste filme foi "Não venham à Eslováquia!".

P.S. Para a próxima escolhes tu!!

Comentar post

Pesquisar no blog

 

Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31

Links

Posts Anteriores

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006